18.8.10

18/08/2010 É preciso senhoras e senhores semear o amor.

Ontem começou o horário eleitoral. Nestas primeiras horas da manhã não temos um relatório que especifique o share das TVs’ abertas. Bem que tive a intenção de chegar na hora, mas #Dilma acabava de falar quando entrei em casa. Revi o horário eleitoral através da Folhaonline, pela manhã.
Linda introdução a sua apresentação como candidata. Depois de tantos ataques a candidata do Lula, sua vantagem diante de José serra aquietou a imprensa. Daqui para frente é só mostrar que pode e deve dar continuidade ao Governo. Não foi novidade vê-la tranqüila, segura, firme. Afinal, Dilma está preparada. É preparada. Ocupou cargos estratégicos, conheceu o Brasil de ponta a ponta , foi tocada pela alma do povo brasileiro. Termina o programa como uma pessoa comum cuidando do seu Labrador, presente do Dirceu quando deixou a Casa Civil. O que significa dizer: somos fieis, companheiros na luta e fora dela. Somos coerentes e apaixonados por este Pais.
José Serra focou seu programa na sua vida de militante e governante. Centrou os problemas brasileiros na Saúde. Não convence, nem emociona o público . Todos conhecem estas velhas e carcomidas mazelas do Brasil. Um Pais gigante que carrega anos de atraso em diversas áreas. Somente como muito patriotismo, trabalho serio, continuidade eles serão resolvidos. Não a curto prazo, mas num longo processo de cura. Há muitos cânceres em diversas esferas. É preciso muita quimioterapia, muita medicina alternativa para colocá-lo saudável como ele merece.
Marina se apresentou. Menina sofrida, que chegou lá no topo. Falou de ecologia. É oposição. Não conseguimos saber a quem ou a que. Desvinculou-se do Governo Lula depois de estar preparada e se lançou candidata. Quer ser Presidente.
O quadro que complementa a campanha: senadores e deputados federais, os que de fato vão elaborar leis que modificarão o panorama nacional é o mesmo. Fraco, com alguns novos candidatos sem nenhum conteúdo político, ou currículo que justifique suas candidaturas. Uma lástima . O Brasil ainda tem muitas contradições a serem vencidas: por um lado o Pais da Embraer, Furnas, Petrobrás. Ao dobrar uma esquina , a Central do Brasil, o entorno da Reduc, tráfico de drogas e armas, hospitais depredados, professores e médicos mal remunerados.
Temos o Brasil oficial e o Brasil real. O segundo é aquele que nós brasileiros desejamos que #Dilma transforme com a sua paixão e amor pela

Nenhum comentário:

Arquivo do blog