8.1.11

Casa de Bonecas

O Globo publicou hoje a Barbie Dilma – homenagem de Marcus Baby - a Presidente do Brasil.
Simpático seu trabalho, minucioso, cuidadoso, mas fora dos parâmetros da própria história. A famosa Barbie, de origem Alemanha, recriada no final dos anos 50 nos EUA, com a finalidade de restabelecer o velho conceito sobre a mulher. Elegante, nada econômica, vazia, totalmente desprovida de conceitos sociais, preocupada em valorizar a estética. Criou um padrao de beleza. Loura, magra, simbolizando a garota bonita, inteligente, companheira, meiga.
Contrarestando o esteriotipo da menina bem comportada, Betty Friedan, Angela Davis propunham uma nova sociedade sem racismo, sem preconceitos, onde as diferencas convivenssem em harmonia.
John Lennon, Yoko Ono, Mick Jagger cantaram Angela Davies, sintonizando seus versos, dando voz aos movimentos sociais que espalhavam por todos os paises, principalmente na America latina.
Neste contexto historico entra Dilma Housseff, jovem exuberante, moderna, revolucionaria, guerreira, militante de esquerda, como tantas outras em outros paises como: Ivette Jimenez na Argentina, Hilda Gadea no Peru, Dora Barrancos no Uruguai, Stella Caloni na Argentina, Haydée Tamara Bunke Bider - a Tania, Guerrilheira, que morreu na Bolivia lutando junto ao Che, Beatriz Allende no Chile, Soledad Barrett Viedma no Uruguai, assassinada no Brasil, Celia Sanchez em cubana, aliadas a uma multidao de companheiras brasileiras, como Damaris Lucena, Dulce Maia, Maria Auxiliadora,Maria do Carmo Brito,Jesse Jane, essa companheira que lhes fala, e tantas outras que deram a vida pela libertade, as torturadas, as presas, as que tiveram que deixar o Brasil perseguidas pela ditadura militar, romperando com o jeito Barbie de ser.
Cruzaramos todas as fronteiras: da dor, do amor, da solidariedade, da entrega e ainda hoje continuamos na frente,no campo de batalha.
Nao cabe as mulheres: avo, mae, companheira, militante, guerreira - o padrao de beleza e comportamento estabelecido para confundir, mesmo na inconsciencia da homenagem, a tantas outras que ainda nao desvenderam a sutileza das mensagens que apontam para outra direcao.
O caminho do futuro e apontado por estas estrelas que brilham com luz propria no firmamento sejam orientadas pelo Cruzeiro do Sul, ou pela Osa maior.
Marilia Guimaraes

Nenhum comentário:

Arquivo do blog