7.5.11

Te Amaré - Silvio Rodriguez



Não sei se por Vinicius de Moraes, se pelo sol que assoma pela janela timido prenunciando um dia lindo, se pela saudade.. O certo é que desde as obras primas de Silvio Rodriguez aos sambas deliciosos de Martinho da Vila, ou um poema de Mário Quintana, passando por Waldo Leyva - os sábados são especiais. Muito especiais.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog