26.6.11

CUBA AVALIA O RESULTADO DA REVOLUÇÃO


É consenso internacional de que Cuba é o único país das Américas que erradicou a miséria absoluta e o analfabetismo e que celebra hoje o sucesso de sua revolução na área de justiça social ao assegurar saúde, educação, trabalho e habitação para toda a população do país.

Com as necessidades básicas de seu povo asseguradas, os dirigentes da revolução cubana voltam-se, agora, para o futuro. Planejam o desenvolvimento biotecnológico e científico, em busca da inserção da ilha no contexto internacional da sociedade do conhecimento, prevendo um salto qualitativo do país da periferia para os centros de decisão do mundo, em apenas alguns anos.

A Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro realiza no dia 27 de junho, segunda-feira, a partir das 18h, em suas dependências,um encontro entre brasileiros e cubanos para saber como a revolução enfrentará o grande desafio de desenvolver esse ambicioso projeto de avanço científico e de renovação social diante das limitações impostas pelo bloqueio dos Estados Unidos.




Os expositores brasileiros são Theotônio dos Santos (professor), Mário Augusto Jacobskind (jornalista) e Ricardo Quiroga (advogado); da parte de Cuba temos as expositoras Zuleica Romay (Presidente do Instituto Cubano do Livro), Rosa Mirian Elizaldi (Presidente do Cubadebate) e Magaly Liort (mãe de um dos cubanos presos nos Estados Unidos).

PROMOÇÃO:Fundação João Mangabeira (PSB), Fundação Perseu Abramo (PT), Fundação Maurício Grabois (PCdoB), Fundação Leonel Brizola (PDT), Centrais Sindicais (CUT e CTB), Comitê Brasileiro de Redes em Defesa da Humanidade, Associação José Martí (RJ), Associação de Cubanos Residentes no Brasil, Sinpro, Sindipetro, Sepe e jornal Inverta.


www.cdhrio.org

www.mariliaguimaraes.com

mgcdhrio@gamil.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog